sexta-feira, 16 de julho de 2010

EXERCÍCIOS DE CONCORDÂNCIA VERBAL

GRUPO 1
Exercício 1 – Assinale a opção que completa corretamente a lacuna das frases abaixo:
1. _______________ (Aconteceu OU aconteceram) vários acidentes nesta esquina.
2. _______________ (Surgiu OU surgiram), na reunião de ontem, duas soluções para o caso.
3. _______________ (Está faltando OU estão faltando) cinco minutos para acabar o jogo.
4. Para este tipo de conserto, ____________ (basta OU bastam) R$200,00.
5. Na fatura, __________ (consta OU constam) sete produtos.
6. ______________ (Segue anexo OU seguem anexos) os arquivos que você solicitou.
7. ______________ (É necessário OU são necessários) dois novos atacantes.
8. ______________ (É necessário OU são necessários) contratar dois atacantes.
9. ______________ (Basta OU bastam) convocar os acusados.
10. ______________ (Está faltando OU estão faltando) assinar quatro documentos.

Exercício 2 – Complete as lacunas das frases a seguir com a forma verbal correta:
11. O valor dos apartamentos __________ (subiu OU subiram) 5% no ano passado.
12. O número de erros ______________ (diminuiu OU diminuíram) muito.
13. A quantidade de produtos ______________ (é suficiente OU são suficientes).
14. Um de nós dois _________ (deve OU devemos OU devem) viajar a São Paulo na próxima semana.
15. Um deles _________ (vai OU vão) ter de morar na Inglaterra.
16. Nenhum dos candidatos _____________ (desistiu OU desistiram).
17. Qual de nós ____________ (fará OU faremos) o trabalho?
18. Quem dentre eles ___________ (assinará OU assinarão) o contrato?
19. Um de nós __________ (leu OU lemos) o livro.
20. Muitos de nós ___________ (leram OU lemos) o livro.

Respostas (grupo 1)
1. ACONTECERAM vários acidentes nesta esquina.
2. SURGIRAM, na reunião de ontem, duas soluções para o caso.
3. ESTÃO FALTANDO cinco minutos para acabar o jogo.
4. Para este tipo de conserto, BASTAM R$200,00.
5. Na fatura, CONSTAM sete produtos.
6. SEGUEM ANEXOS os arquivos que você solicitou.
7. SÃO NECESSÁRIOS dois novos atacantes.
8. É NECESSÁRIO contratar dois atacantes.
9. BASTA convocar os acusados.
10. ESTÁ FALTANDO assinar quatro documentos.
11. O valor dos apartamentos SUBIU 5% no ano passado.
12. O número de erros DIMINUIU muito.
13. A quantidade de produtos É SUFICIENTE.
14. Um de nós dois DEVE viajar a São Paulo na próxima semana.
15. Um deles VAI ter de morar na Inglaterra.
16. Nenhum dos candidatos DESISTIU.
17. Qual de nós FARÁ o trabalho?
18. Quem dentre eles ASSINARÁ o contrato?
19. Um de nós LEU o livro.
20. Muitos de nós LERAM o livro.
Observação:
Na frase 20, também seria correta a concordância na primeira pessoa do plural:
1ª) “Muitos de nós LEMOS o livro”. Seria um caso de concordância atrativa/ideológica: subentende-se que o falante tenha lido o livro (muitos inclusive “eu”).
2ª) Em “Muitos de nós LERAM o livro”, “eu” posso ter lido ou não o livro.

GRUPO 2
Exercício 1 – Assinale a opção que completa corretamente a lacuna das frases abaixo:
1. A maioria dos inscritos ______________ (compareceu OU compareceram) à prova.
2. Boa parte dos torcedores já ___________ (está OU estão) no estádio.
3. Quase a metade dos convocados já ___________ (chegou OU chegaram) a Teresópolis.
4. A maioria dos senadores ________________ (ficou revoltada OU ficaram revoltados).
5. Dos entrevistados, a maioria ___________ (negou OU negaram).
6. Grande parte dos problemas já _____________ (está resolvida OU estão resolvidos).
7. Mais da metade dos alunos ______________ (foi reprovada OU foram reprovados).
8. Um bando de marginais ___________ (fugiu OU fugiram) ontem à noite.
9. O bando já _________ (está preso OU estão presos).
10. Um grupo de empresários ___________ (viajou OU viajaram) com o Presidente.
11. Uma manada de bois ______________ (foi vendida OU foram vendidos).
12. Uma série de casos ainda não ____________ (foi resolvida OU foram resolvidos).
13. Cerca de dez mil pessoas _______________ (estava OU estavam) na Cinelândia.
14. Por volta de cem empregados ____________ (foi demitida OU foram demitidos).
15. Mais de R$ 2 bilhões ____________ (está OU estão) à disposição.

Exercício 2 – Assinale a opção que completa corretamente a lacuna das frases abaixo:
1. Fui eu que _________ (assinei OU assinou) o contrato.
2. Fui eu quem ____________ (assinei OU assinou) o contrato.
3. Quem __________ (assinou OU assinei) o contrato fui eu.
4. Fomos nós que __________ (assinou OU assinamos OU assinaram) o contrato.
5. Fomos nós quem __________ (assinou OU assinamos) o contrato.
6. Ele é um dos advogados que _________ (assinou OU assinaram) o contrato.
7. Convidaram uma das atrizes que _____________ (trabalha OU trabalham) nesta peça teatral.
8. Ela é uma das que ______________ (testemunhou OU testemunharam) o fato.
9. Ele é um dos que ___________ (viajou OU viajaram) para a China.
10.  Um dos jogadores que _______________ (foi convocado OU foram convocados) ainda não ____________ (chegou OU chegaram) ao Rio de Janeiro.
11. A maioria dos deputados que ____________ (foi eleita OU foram eleitos) neste ano já _________ (está OU estão) em Brasília.
12. O grupo de turistas que ___________ (chegou OU chegaram) ontem _______________ (é formado OU são formados) por franceses.

Respostas (Grupo 2)
Exercício 1
1. A maioria dos inscritos compareceu OU compareceram à prova.
2. Boa parte dos torcedores já está OU estão no estádio.
3. Quase a metade dos convocados já chegou OU chegaram a Teresópolis.
4. A maioria dos senadores ficou revoltada OU ficaram revoltados.
5. Dos entrevistados, a maioria negou.
6. Grande parte dos problemas já está resolvida OU estão resolvidos.
7. Mais da metade dos alunos foi reprovada OU foram reprovados.
8. Um bando de marginais fugiu OU fugiram ontem à noite.
9. O bando já está preso.
10. Um grupo de empresários viajou OU viajaram com o Presidente.
11. Uma manada de bois foi vendida OU foram vendidos.
12. Uma série de casos ainda não foi resolvida OU foram resolvidos.
13. Cerca de dez mil pessoas estavam na Cinelândia.
14. Por volta de cem empregados foram demitidos.
15. Mais de R$ 2 bilhões estão à disposição.
Exercício 2
1.
 Fui eu que assinei o contrato.
2. Fui eu quem assinou o contrato.
3. Quem assinou  o contrato fui eu.
4. Fomos nós que assinamos  o contrato.
5. Fomos nós quem assinou o contrato.
6. Ele é um dos advogados que assinaram o contrato.
7. Convidaram uma das atrizes que trabalham nesta peça teatral.
8. Ela é uma das que testemunharam o fato.
9. Ele é um dos que viajaram para a China.
10.  UM dos jogadores que foram convocados ainda não CHEGOU ao Rio de Janeiro.
11. A MAIORIA dos deputados que foram eleitos neste ano já ESTÁ em Brasília.
12. O GRUPO de turistas que chegaram ontem É FORMADO por franceses.



Exercícios de concursos públicos


1. Preserva-se plenamente a concordância verbal na frase:
(A) Caberia comercializar-se os televisores com uma advertência expressa sobre o perigo que representa as exposições contínuas à tela de uma TV.
(B) Boa parte dos atos de violência provém, de acordo com a pesquisa, do excesso de horas que dedica uma pessoa a assistir à TV.
(C) Seria da responsabilidade dos programas de TV certas incitações à violência, a se crer nas conclusões da pesquisa realizada.
(D) Todo aquele que, assistindo continuamente à TV, costumam valer-se dos recursos do zapping, abrem janelas sobre o devaneio.
(E) Não se atribua tão-somente à TV as atitudes de violência que se vem disseminando nos grandes centros urbanos.

2. O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma do singular para preencher corretamente a lacuna da frase:
(A) Quase ninguém, entre os que se ...... (valer) do controle remoto, resiste à tentação de passar velozmente por todos os canais de TV.
(B) Se aos governantes não...... (caber) tomar providências para regulamentar a programação de TV, a quem, então, caberá?
(C) Se a ninguém ...... (preocupar) os efeitos de se ficar colado a uma tela de TV, a todos intranqüiliza a onda crescente de violências.
(D) Embora a cada um de nós ...... (afetar) as imagens nostálgicas de um passado íntegro, passamos, na fase adulta, a nos sentir divididos.
(E) Os que não gostam de TV jamais ...... (haver) de se lamentar por terem aberto janelas sobre seus próprios devaneios.

3. As normas de concordância verbal estão inteiramente observadas na frase:
(A) Aos nossos corações não parecem de todo aceitável que se elejam apenas os critérios racionais para se determinarem o que é central nas coisas.
(B) Seja um berço, uma fonte de água pura, uma paixão, instituem tudo isso centros dinâmicos dos nosso interesses e das nossas necessidades.
(C) Não houvessem duas formas de determinar o centro das coisas, não haveria como opor as razões de um astrônomo às razões de um poeta.
(D) Não nos espante que as razões do filósofo para negar a existência de Deus estejam na base de sua atração pelos dons da natureza, que o sensibilizam.
(E) Para muitos físicos modernos, não deixa de fazer sentido os diferentes critérios que se leva em conta para se definir o que seja “o centro.”

4. O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se obrigatoriamente numa forma do plural para preencher de 
modo correto a frase:
(A) Não ...... (ocorrer) aos astrônomos antigos que os planetas girassem em torno do Sol.
(B) ...... (dizer) respeito a cada ser humano as pequenas batalhas diárias que visam à preservação do nosso planeta.
(C) ...... (faltar) a todos os habitantes deste planeta tomar consciência dos riscos que estamos correndo.
(D) Sejam bem-vindas todas as medidas a que se ...... (poder) recorrer para a melhoria da qualidade de vida na Terra.
(E) Não ...... (haver) outras preocupações, já a escassez de água representa uma calamitosa ameaça para a vida na Terra.

5. Estão inteiramente respeitadas as normas de concordância verbal em:
(A) Quando às coisas se preferem a imagem delas, privilegia-se o espetáculo das aparências.
(B) As palavras do filósofo Feurbach, um pensador já tão distante de nós, mantém-se como um preciso diagnóstico.
(C) O que resultam de tantas imagens dominantes são a identificação dos indivíduos com algo exterior a eles.
(D) Já não se distingue nos gestos dos indivíduos algo que de fato os identifique como autênticos sujeitos.
(E) Cabem-nos, a todos nós, buscar preservar valores como a verdade e a transparência, ameaçados de desaparição.

6. Ao se reconstruir uma frase do texto, houve deslize quanto à concordância verbal em:
(A) Se todos esperávamos um bom acordo na COP-15, frustrou-nos o que dela acabou resultando.
(B) Acabou culminando num final dramático, naquele 18 de dezembro de 2009, o período de duas semanas de acaloradas discussões.
(C) Às nações pobres propôs-se uma ajuda de US$ 30 bilhões, medida a que não deu aval nenhum dos países insatisfeitos com as conversas finais.
(D) Deveram-se às manobras de desconversas, na definição das tarefas dos países, o impasse final das negociações entabuladas em Copenhague.
(E) Sequer foi possível, na COP-15, estabelecer um financiamento para os países pobres a quem coubesse adotar políticas de mitigação das emissões.

7. Para que se respeite a concordância verbal, será preciso corrigir a frase:
(A) Têm havido dúvidas sobre a capacidade do sistema de saúde cubano.
(B) Têm sido levantadas dúvidas sobre a capacidade do sistema de saúde cubano.
(C) Será que o sistema de saúde cubano tem suscitado dúvidas sobre sua eficácia?
(D) Que dúvidas têm propalado os adversários de Cuba sobre seu sistema de saúde?
(E) A quantas dúvidas tem dado margem o sistema de saúde de Cuba?

8. As normas de concordância estão inteiramente respeitadas na frase:
(A) Configura-se nas freqüentes invasões dos escritórios de advocacia o desrespeito a prerrogativas constitucionais.
(B) Não cabem às autoridades policiais valer-se de ordens superiores para justificar a violência dessas invasões.
(C) Submetido com freqüência a esse tipo de constrangimento, os advogados se vêm forçados a revelar informações confidenciais de seus clientes.
(D) Tem ocorrido, de uns tempos para cá, inúmeras entradas forçosas da polícia em escritórios de advocacia.
(E) Se não lhes convêm cumprir determinadas medidas, cabe aos advogados recorrer às instâncias superiores da justiça.

1.B; 2. B; 3.D ;4. B ;5. D; 6. D; 7. A; 8. A


Nenhum comentário:

Postar um comentário